O International Water Management Institute – IWMI considera que a tradicional separação entre sequeiro (pluvial) e irrigado se tornou obsoleta e que deveria ser substituída por Manejo da Água para a Agricultura, contemplando todo o espectro desde a de sequeiro com água da chuva (pure rainfed), até a irrigação completa suplementar via adução de água.

Das Diretrizes: (guidelines)

Mudança do foco em irrigação, para o de agricultura irrigada na produção de água e de produtos agrícolas principalmente para a alimentação humana;

  1. Considerar os múltiplos usos da água na concepção de subprogramas e de projetos;
  2. Integração com as políticas setoriais de energia, de saneamento ambiental, de crédito e seguro rural e seus respectivos planos, com prioridade para sistemas cujas obras possibilitem o uso múltiplo dos recursos hídricos;
  3. Apoio a sistemas economicamente viáveis, ambientalmente sustentáveis e socialmente justos;
  4. Incentivo à participação do setor privado na agricultura irrigada, inclusive por meio de concessões e parcerias público-privadas;
  5. Estímulo à organização dos agricultores para a administração de sistemas de agricultura irrigada;
  6. Estímulo à adoção de técnicas de gerenciamento indutoras de eficiência, eficácia e efetividade nos sistemas de agricultura irrigada;
  7. Fomento ao desenvolvimento tecnológico e à capacitação de recursos humanos, para o desenvolvimento da agricultura irrigada;
  8. Articulação com as políticas estadual e nacional de recursos hídricos e ambientais;
  9. Universalização (comunicação) das informações sobre a agricultura irrigada.